Blog livre,para dar sugestões e denunciar problemas de qualquer natureza que afectem Alfena. Participem comentem digam da vossa justiça com seriedade. ALFENA precisa de todos.

25
Jul 11

Como já foi aqui noticiado em 26 de Agosto de 2009, (...)Segundo António Russo Cabrita, na sua Monografia do Concelho de Valongo, à página 97, o nome Alfena vem da época da invasão árabe, Al-Henna, designação de um arbusto que existia em abundância na região e, ainda hoje, é encontrado na Serra de Valongo. Na vila de Alfena, cultivam-se estes arbustos com o propósito de manter viva a memória toponímica.(...) a origem do nome da nossa Cidade vem de AL-Henna.

Mas hoje esse nome é tambem a designação de uma Associação, que aqui apresento à comunidade, com um objectivo meramente jornalistico.

Alguns dos responsaveis desta nova Associação foram pioneiros deste Blog que tinha o objectivo da proximidade com a população e com a lista do PSD/CDS da altura, candidata ás Eleições Autarquicas em Alfena. Após estes dois anos e pelo facto de se julgar extinta a razão de continuar a existir este Blog ficou muito tempo silencioso. Mas com a ajuda e participação da comunidade este Blog poderá cumprior o seu papel de proximidade, mesmo sem estar a partir de hoje (ou de hà muitos meses) ligado a qualquer lista ou ideia do passado.

Como último guardião da mensagem ALFENA PARA TODOS, irei divulgar sempre que seja oportuno noticias sobre Alfena.

Passo assim a informar:

Nasceu

 

ESTATUTOS

Artigo 1.º

1.  A associação adopta a designação de “«AL HENNA» - Associação para a Defesa do Património de Alfena“, é criada sem fins lucrativos e por tempo indeterminado, e tem a sua sede na Rua Central do Barreiro, n.º 109, freguesia de Alfena e concelho de Valongo.

2.  A Associação para a Defesa do Património de Alfena tem por objecto a defesa e recuperação do património histórico, arqueológico, edificado, etnográfico, cultural e, bem assim, do património natural, paisagístico e ambiental da Vila de Alfena e zona envolvente; estudos e investigações nas várias áreas de interesse histórico-arqueológico, ambiental, cultural e sócio-económico.

3. São fins gerais da associação:

a) contribuir para a defesa e recuperação dos valores mais significativos do património histórico, arqueológico, edificado, etnográfico, cultural e, bem assim, do património natural, paisagístico e ambiental da Vila de Alfena e zona envolvente;

b) proceder a estudos e investigações nas várias áreas de interesse histórico-arqueológico, ambiental, cultural e sócio-económico;

c) promover iniciativas que visem a divulgação das realidades ambientais e culturais, incrementando o interesse das pessoas, em geral, por estes assuntos;

d) colaborar com as instituições locais, regionais e nacionais em todas as actividades e decisões que, no respeito pela natureza, pela cultura, pela história e pela arte, contribuam para a efectiva melhoria das condições de vida das populações;

e) fomentar e incentivar projectos de desenvolvimento local, nomeadamente através da organização de cursos de formação profissional e apoio à constituição de empresas alternativas.

4.  A associação poderá desenvolver, com carácter acessório, actividades de natureza comercial, desde que o produto dessas actividade tenha por finalidade o financiamento das suas actividades principais.

 

Citando um dos fundadores "Fazer da associação uma mais valia na sociedade Alfenense é o nosso grande desafio. Saber contribuir para o enriquecimento do património de Alfena, desenvolvendo trabalho e iniciativas que ajudem no progresso da Vila. Fazer do estudo e da investigação, congregando esforços que se encontram dispersos, a forma de actuação. Gostamos muito de alfena, a equipa é multidisciplinar e formada por gente competente e empenhada, por isso, vamos agora ao trabalho!"  Sergio Sousa 

  

Os orgãos sociais são:

 

Mesa de Assembleia Geral

Presidente          :   Cláudia Maria da Silva Dantas                              

Vice-Presidente   :  Anabela de Assunção Costa Paulo Magalhães     

Secretário           :   Sérgio Joaquim Maia Marques                              

 

          Direcção

Presidente          :   Ricardo Jorge Monteiro Ribeiro                        

Vice-Presidente   :   Dário Nuno da Silva Teixeira                                

Tesoureiro          :   Sérgio Paulo Pereira de Sousa                            

Secretário          :   Daniel Filipe Dias Feliz                                         

Vogal                 :   César Jorge da Silva Vasconcelos                      

Vogal                 :   José Joaquim da Silva Miranda                         

Vogal                 :   Celestino Marques Neves                                   

 

          Conselho Fiscal

Presidente          :   Manuel Joaquim Alves de Oliveira                        

Vice-Presidente   :  Arnaldo de Castro Mamede                                  

Relator               :   Avelino Alves de Sousa                                        

 

Quem pode participar?

"A nossa Associação está aberta à participação de TODOS os que queiram colaborar com a sua livre opinião e ideias para um melhor futuro e para a preservação do património da nossa terra... a nossa herança colectiva.
Os interessados em se associar a este nosso projecto poderão solicitar a admissão para alhenna.associacao@gmail.com ou junto de algum dirigente.
Bem Hajam"

 

Actividades O grupo pelos vistos tem vindo a fazer caminhadas regulares pelos limites da Cidade sendo a ultima realizada este fim de semana 24 de julho,

(...) Mais uma Caminhada... o Reguengo de Cabeda
Senhora da Paz - Ponte do Arquinho - Rua Vasco Santana - Bouça das Poças - Apeadeiro de Cabeda - Mirante de Sousa - Alto do Reguengo - Outeiro da Pedra Talhada - Alto da Costa (Ermesinde) - Vale da Ribeira de Cabeda - Ponte dos Sete Arcos - Rua de Cabeda - Rua do Cabo - Rua do Castanhal (Estrada Real) - Azenha do Castro (foz da Ribeira de Cabeda) - Senhora da Paz.

 

 Espero poder continuar a divulgar outros acontecimentos de relevo, sobre qualquer Acontecimento, assunto ou Associativismo em Alfena.

 

Paulo Basto

  (Alfena para todos)

 

 

publicado por alfenaparatodos às 19:49

25
Out 09

O presidente da distrital do PSD do Porto quer um corte geracional na liderança do partido e não apoia a eventual candidatura de Marcelo Rebelo de Sousa.

 Marco António Costa quer que liderança do PSD se liberte do Presidente da República


 

  O líder da distrital PSD do Porto quer que o próximo Conselho Nacional do partido marque eleições directas para renovar a liderança social-democrata. Marco António Costa quer uma renovação e rejuvenescimento da direcção nacional do partido, de forma a que os dirigentes possa trabalhar sem interferências do Presidente da República. Ouça estas declarações na reportagem do jornalista Nuno Moura Brás.

 

2009-10-12 18:46:42

  


Porto, 15 Out (Lusa) - A Comissão Politica Distrital do Porto do PSD anunciou hoje que as eleições para os órgãos distritais em funções decorrerão no próximo dia 14 de Novembro, tendo o actual presidente, Marco António Costa, admitido recandidatar-se ao cargo.

  

Em comunicado, o presidente da distrital social-democrata sustenta que "o PSD do Porto deve rapidamente reorganizar-se para o ciclo de combate à governação socialista no distrito, devendo fazê-lo antes do período de discussão dos programas e orçamentos municipais, de forma a poder dar o melhor apoio às Secções e aos autarcas recém-eleitos".

Marco António Costa adianta que o mandato da actual comissão política termina no dia 1 de Dezembro e que, por isso, decidiu convocar as eleições para 14 de Novembro.

  


Corredor do Poder

Espaço de debate sobre todas as situações relevantes do espaço público nacional. Moderado por Sandra Sousa, conta com um painel fixo de 5 convidados: Ana Drago, Margarida Botelho, Nuno Melo, Marcos Perestrello e Marco António Costa.

22 de OUTUBRO veja aqui

 

 

Fazer uma ruptura de gerações, para dar lugar aos mais novos poderia ser uma ideia simpática se fosse coerente e não simbolizasse esquecer, desrespeitar e ignorar os mais idosos.

Senão podemos concluir que o Marco António vê a politica sem passado nem futuro....ouçam o que afirmou nesta quinta feira, "...que está na hora de renovar e fazer um choque de gerações no PSD..."

 Se for coerente com o que diz não conseguirá explicar porque apostou em cancelar a lista do PSD em Alfena-Valongo, em plena corrida eleitoral. Era a lista mais jovem que se candidatava pelo PSD e com figuras muito respeitáveis, mas que não tinha interesses instalados, nem presentes nem futuros, logo não havia razão para ser impedida de continuar, ou terá sido exactamente por isso??

Ao contrário foi apoiado um grupo de cidadãos independentes UPA, que nem na altura das legislativas se deram ao trabalho de mostrar alguma ligação ao PSD que os ia apoiar discretamente, nem uma bandeira exibida na rua nem uma iniciativa de Campanha eleitoral....nada. Mas ao contrário do que se esperaria foi o grupo que foi impedido de representar o PSD, que escreveu aos cidadãos de Alfena um Manifesto com um apelo ao Voto no PSD nas legislativas, com as despesas a serem feitas às próprias custas. Nem um Obrigado do PSD Concelhio!

Pois parece que não havia muito interesse que o PSD ganhasse as legislativas....????!!! Para provocar a saída da Drª Manuela Ferreira Leite do PSD e abrir o caminho para o tal choque de gerações....?

Este Marco colocou o 2º mais antigo Autarca do País a concorrer na Câmara de Valongo, e não pensou em fazer renovação na sua própria esfera de influencia, mas quer agora dar palpites baseado em "olha para o que eu digo não olhes para o que eu faço", a nível nacional.

Acordem!

RENOVAR sim! Mas com sentido de responsabilidade.

Temos que unir o PSD em torno da sua génese, e não em torno de 1 ou outra pessoa, temos um "patrono" Francisco Sá Carneiro, temos uma filosofia e "doutrina".

Venham os líderes que vierem, pois sem espírito de serviço e humildade, nunca avançaremos para a modernidade e continuaremos nesta morbilidade.

PSD/PPD é mais que um Partido é uma alternativa séria para governar com provas dadas mas com grandes dificuldades de governar a sua casa. Penso que sem UNIDADE jamais o partido será capaz de sobreviver e de se impor como alternativa.

Precisamos a nível Nacional de estar unidos com quem seja capaz de unir e não dividir, tarefa difícil, mas possível.

Mas aqui em ALFENA as coisas ainda estão piores, pois temos dois grupos de costas voltadas a contar as "espingardas" para as próximas eleições do núcleo. Aqui temos todos responsabilidades de dar o passo em frente, e pensar no PSD de Alfena, esse precisa de todos a caminhar no mesmo sentido e direcção.

O nosso grupo ALFENA PARA TODOS, de sociais democratas PSD/PPD na sua maioria, está unido e determinado em REUNIR quem queira apostar no partido como um só e não como o de 2 ou 3 senhores....

Realmente chegou a hora de ver quem quer assumir a tarefa de liderar o projecto de unir as bases do partido sem pensar num dos lados....Aparecer um candidato apoiado por todos os segmentos seria a forma de se conseguir uma força imparável, como no inicio do partido.

 

 

E a nível nacional teria que ser na mesma um líder de consensos,de paixão e pragmático. Como foi Sá Carneiro!

 

 

 

   Paulo Basto  

 

 


29
Set 09

Aqui vai sendo acrescentado a opinião de todos, sobre estas eleições que se avizinham.

ao fazerem comentários refiram a qual das opiniões se estão a referir.

 

OPINIÃO 1  Acho necessário fazerem divulgação dos programas eleitorais, pois até agora o único que está disponível era o do PSD que não concorre em alfena. O que é no mínimo estranho. Alguém conhece mais algum programa eleitoral local?

 

 

OPINIÃO 2    "TUDO ISTO TE DAREI"...  publicado por cneves às 2009-09-28 22:18:25

 

Se alguém duvidava que o dom da Ubiquidade pudesse existir, a prova aí está: Em Alfena, terra de gente boa e também de OVNI's, de "Pinóquios" de carne e osso e de "Daltons" dos tempos modernos, vive um homem também de carne e osso - o presidente da Junta de Freguesia mais concretamente - que o pode comprovar por experiência própria...

 

Ele consegue estar nos outdoor da candidatura dos Unidos à Junta de Freguesia de Alfena, nos outdoor da candidatura de Fernando Melo à Câmara de Valongo, ele consegue ainda dividir-se (ou multiplicar-se) entre o trabalho da Junta,...(clique aqui para ler o resto)

 

 

 

 

OPINIÃO 3    "NOVOS" UNIDOS POR ALFENA - UMA MÃO CHEIA DE... NADA!

publicado por cneves às 2009-09-30 13:37:43

 

Chegou-me hoje (finalmente) à caixa de correio - não  à electrónica, mas à outra e portanto em suporte de papel - o primeiro trabalho autopromocional dos membros do "novo" "bureau" dos Unidos. (CLIQUE AQUI PARA LER O RESTO)

 

OPINIÃO 4  Coragem de Mudar enche ruas de Alfena

2009-09-20


A onda de mudança está a crescer e hoje passou pela freguesia de Alfena. A Caminhada com Coragem de Mudar deu a Maria José Azevedo e a Avelino Sousa um banho de multidão, numa manhã de convívio e exercício físico pelas ruas de Alfena. Como tem acontecido nas outras freguesias onde se realizaram iniciativas semelhantes, foi gratificante o grande número de apoios e incentivos recebidos das pessoas que vieram às varandas e janelas acenar e dar força à comitiva da candidatura do Coração.

Continuar a ler...


15
Set 09

 

VERDADE doc 1 
 
e pode ver qual é o nosso Projecto para Alfena!
 
VERDADE doc 2
Actas que nos mandaram e que confirmam o que dizemos.
 
VERDADE 1
 
Em reposição da verdade, explicamos a cronologia dos acontecimentos relativamente à retirada abrupta da candidatura do PSD em Alfena, que não mereceu até à data uma explicação oficial do Partido, nem aos Candidatos nem à População.
Face a estes factos, que cada um tire as suas conclusões:
 
1.      A candidatura à assembleia de freguesia fazia parte de uma coligação PPD/PSD-CDS/PP aprovada formalmente pelos dois partidos.
2.      A decisão de apresentação de uma candidatura própria do PPD/PSD à freguesia de Alfena, concelho de Valongo, foi aprovadaem Comissão Política de Núcleo do PSD por unanimidade.
3.      Posteriormente em 29 de Junho de 2009, a Assembleia de Núcleo (composta pelos militantes do PSD) regularmente convocada para esse efeito, ratificou essa deliberação, ou seja, que o PPD/PSD local deveria apresentar lista própria a esta Assembleia de Freguesia.
4.      O candidato proposto pelo PPD/PSD-CDS/PP, foi aprovadopela Comissão Política de Núcleo, e de seguida pela Comissão Política de Secção, conforme previsto nos Estatutos do Partido.
5.      Entretanto a candidatura da coligação PPD/PSD-CDS/PP, com o conhecimento dos órgãos concelhios lançou a sua pré-campanha para a rua.
6.      Como tal, a candidatura começou a trabalhar de imediato, e também junto da população.
7.      A candidatura tinha um programa definido, com projectos e ideias realizáveis e inovadoras.
8.      A candidatura da coligação, como tal, colocou a campanha na rua, com outdoors com o cabeça de lista e logótipo dos partidos.
Estes são os factos.
 
O resto da história, já é conhecido de todos. Nomeadamente as trocas e baldrocas de candidatos e candidaturas independentes, que NUNCA foram validados pelos orgãos locais, concelhios, nem pelos militantes do partido em ALfena.
 
Agora que cada um tire as suas conclusões...
 
 


 

VERDADE 2

 

 

 

 

Segue abaixo o documento preparado pela candidatura PPD/PSD CDS-PP à Assembleia de Freguesia de Alfena, a incluir na newsletter da referida candidatura às eleições autárquicas 2009.

 

 

 

 

O mesmo deverá ser analisado com o devido desfasamento temporal imposto pelos factos ocorridos.

 

 

No entanto, e enquanto cidadãos atentos e responsáveis pretendemos prosseguir com alguns dos nossos projectos e ideias, propondo-os ao executivo que vier a ser eleito no próximo dia 11 de Outubro.

  

Dário Teixeira candidato PPD/PSD CDS-PP à Assembleia de Freguesia de Alfena.

Alfena para todos.

  

Alfena vai escolher no próximo dia 11 de Outubro o seu novo Presidente da Junta de Freguesia.

 

Nestas eleições o PSD apresenta-se perante a população de Alfena com uma candidatura própria, em coligação com o CDS-PP, rompendo com os fantasmas do passado.

 

Como é do conhecimento de todos, o Partido Social Democrata em Alfena, defendeu sempre ao longo dos últimos 4 anos os bons projectos e as boas ideias para a nossa querida Vila, perscrutando o melhor para as suas gentes.

 

Foi do seio do nosso partido que nasceram algumas das ideias que hoje os Alfenenses defendem de forma intransigente, como o futuro Centro Cívico de Alfena com o aproveitamento das magníficas margens do Rio Leça.

Mas também apoiamos a revitalização do parque de São Lázaro através da recuperação e transformação do antigo moinho num espaço de convívio, como estivemos ao lado e apoiamos a criação da Escola Sénior, da construção de um hospital em Alfena, da criação de um espaço para a realização de feiras no viaduto da A41, e da aceitação de um autocarro doado por uma entidade privada, entre outros.

 

Soubemos ainda assumir as nossas responsabilidades num passado recente, pois estando em risco o normal funcionamento da Junta, apoiamos a realização de eleições intercalares, abdicando de concorrer nessas eleições e chegando mesmo a integrar as listas de um grupo de cidadãos independentes, com os quais trabalhámos nos últimos 8 meses, quer no Executivo, quer na Assembleia de Freguesia.

 

Ao contrário de outros, que aparecem agora com objectivos meramente tácticos e eleitoralmente oportunistas, estivemos sempre ao lado dos Alfenenses e de quem trabalha por Alfena, mesmo nos momentos mais difíceis.

 

Mas chegou a hora de assumirmos novamente as nossas responsabilidades para com os Alfenenses!

 

Alfena precisa de boas ideias e de bons projectos, mas precisa acima de tudo de quem os saiba concretizar.

 

Alfena e os Alfenenses anseiam por gente nova, proactiva, determinada em trabalhar no benefício de todos, e não apenas de alguns.

 

É por isso que a coligação PSD/CDS-PP apresenta Dário Teixeira como candidato a Presidente da Junta de Freguesia de Alfena.

 

Profundo conhecedor de Alfena, dos Alfenenses, dos seus costumes e ambições, com e para quem trabalha há mais de 13 anos.

 

Integrado no movimento associativo local (na maior Instituição desportiva da freguesia e do Concelho), representou-a ao mais alto nível, enquanto atleta, e continua actualmente, a representá-la ocupando o cargo de vice-presidente da direcção.

 

Preocupado, também, com as gerações futuras, formadas cívica e academicamente na nossa freguesia, é membro permanente do mais alto órgão de gestão da Escola Secundária 3 de Alfena, o Concelho Geral, trabalhando no sentido de proporcionar aos nossos jovens mais e melhor educação.

Dário Teixeira lidera uma equipa de pessoas bem preparadas e motivadas que querem transformar e inovar a gestão Autárquica da nossa Vila, assumindo como principais compromissos, desde logo, mais exigência, mais profissionalismo, mais rigor e mais ambição.

 

O nosso futuro Presidente da Junta de Freguesia e a sua equipa sabem que é urgente dar resposta aos principais problemas que hoje afectam a nossa freguesia.

 

O desemprego, a pobreza e a exclusão são os principais adversários desta coligação, mas é objectivo comum o combate feroz e incessável a estas ameaças, com o apoio e a colaboração de todos os Alfenenses.

 

O futuro só faz sentido se for feito por todos e para todos.

 

Dário Teixeira e a sua equipa farão ainda tudo para que Alfena tenha bons projectos, que tragam riqueza e desenvolvimento sustentado, para que as nossas gentes sejam beneficiadas com mais desenvolvimento e qualidade de vida.

O meio ambiente e a sua preservação terão da nossa parte um imenso cuidado. Almejamos o desenvolvimento de Alfena, mas não a qualquer custo, o desenvolvimento urbano será cauteloso e ponderado, não pretendemos transformar Alfena numa selva de betão. Queremos uma Alfena maior e melhor, mas que mantenha a qualidade de vida das suas gentes.

O pequeno comércio local terá sempre da nossa parte uma atenção muito especial, pois temos de acautelar o amanhã das actuais e futuras gerações. Não queremos que Alfena seja apenas povoada comercialmente, por grandes grupos económicos, a existência destes pode até ser benéfica, mas para nós a existência e subsistência dos Alfenense são um bem mais precioso.

 

Acima de tudo queremos que o desenvolvimento chegue a TODOS, e não apenas a alguns. Queremos que os TODOS sintam que fazem parte da nossa terra. Queremos que TODOS se identifiquem com a nossa freguesia.

 
 

Por isso seremos intransigentes na defesa de Alfena e da nossa gente.

 

 

 

Nos próximos 4 anos, com Dário Teixeira,

vamos ter uma ALFENA PARA TODOS!

 

publicado por alfenaparatodos às 10:20
sinto-me:

26
Ago 09

Alfena

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Alfena
Gentílico alfenense, penteeiro, queimadelense
Concelho Valongo
Área 12,83 km²
População 20 000 hab. (2005)
Densidade 1 421,2 hab./km²
Orago S. Vicente de Alfena
Código postal 4445
   
Freguesias de Portugal

Alfena é uma freguesia portuguesa do concelho de Valongo, com 12,83 km² de área e 20 000 habitantes (2005). Densidade: 1 421,2 hab/km². Esta área e dividida por 14 zonas Baguim, Igreja, Reguengo, Transleça, Ferraria, Rua, Aldeia Nova, Barreiro(de cima e de baixo), Gandra, Outeiro, Codiceira, Lombelho, Cabeda e Xisto. Foi elevada a vila por deliberação do plenário da Assembleia da República em 30 de Junho de 1989.

Índice

  • 1 Nome
  • 2 Situação
  • 3 Vias de comunicação
  • 4 Principais actividades económicas
  • 5 Indústrias
  • 6 Equipamentos
  • 7 Entidades desportivas
  • 8 Património
  • 9 Festas e romarias
  • 10 Imagens de Alfena
  • 11 Ver também

 

Nome

Alfena nem sempre correspondeu à actual designação. Na Idade Média, era conhecida por S. Vicente de Queimadela, enquanto que Alfena era um mero lugar daquela freguesia. Alfena é nome único na toponímica de Portugal.

Existem duas interpretações relacionadas com a origem do nome Alfena. Uma delas tem em conta o nome de um arbusto, chamado alfeneiro, utilizado para tingir ou embelezar. A outra interpretação diz que, segundo P. António Carvalho da Costa, Alfena “tomou este nome de uma batalha que ali demos aos Mouros, em que entraram sete condes. Em linguagem árabe, Alfena queria dizer batalha.”Esta última interpretação baseia-se na semelhança da palavra árabe “Alfella”, que quer dizer “campo ou arraial”, com Alfena. Mas, a interpretação mais correcta parece ser a primeira.

Segundo António Russo Cabrita, na sua Monografia do Concelho de Valongo, à página 97, o nome Alfena vem da época da invasão árabe, Al-Henna, designação de um arbusto que existia em abundância na região e, ainda hoje, é encontrado na Serra de Valongo. Na vila de Alfena, cultivam-se estes arbustos com o propósito de manter viva a memória toponímica.

 

Situação

É vila é a mais setentrional do concelho, confortando-se com os vizinhos municípios de Santo Tirso, a nordeste, e Maia, a noroeste. O seu território ocupa uma área de aproximadamente 13 km², envolto das congéneres Ermesinde, a sudoeste, e Valongo, a sudeste (já elevados à categoria de cidade).

Convém referir que pelo extenso e alongado vale de Alfena, corre o Rio Leça, nos seu curso natural, acompanhado por uma planície a perder de vista, pontuada aqui e além por pequenos planaltos

 

Vias de comunicação

Actualmente as principais vias de comunicação da vila de Alfena são, estrada nacional nº105, de Porto a Santo Tirso, a nacional nº105-1 de Ermesinde a Alfena, onde ambas cruzam o centro urbano da vila.

Alfena encontra-se num local privilegiado, a nível de rede rodoviária, através da A41 (antiga IC24) os habitantes de Alfena conseguem em poucos minutos chegar a capital nortenha a cidade do Porto, estando esta auto-estrada ligada a outras auto-estradas e vias importantes como a A3 que liga Braga ao Porto, a A28 que liga Viana do Castelo a Matosinhos, e a Via Norte, mas tem como principal ligação as cidades de Paços de Ferreira, Felgueiras, Chaves.

De grande utilidade, mas de nível um pouco secundário, temos a estrada Valongo – Cabeda e a estrada que liga Alfena a São Romão, permitindo alcançar outras direcções.

 

Principais actividades económicas

As principais actividades económicas praticadas em Alfena são o comércio, agricultura, pecuária e avicultura. A que ocupa a maior parte da actividade é o comercio, embora, a agricultura também denote bastante importância, uma vez que é um sector que nos dias de hoje se torna rentável a par das industrias pecuária e avicultura.

 

Indústrias

A vila tem evoluído de uma forma bastante acelerada, existindo já três grandes zonas industriais, estando já em fase de conclusão a quarta zona. Isto é devido ao facto de Alfena estar a apenas 12 quilómetros do Porto, sendo uma grande valia para situar empresas dentro dos seu limites, criando novos postos de trabalho. A indústria situada é diversa e são numerosos os armazéns nas zonas industriais.

 

Equipamentos

  • 5 pré-escolas
  • 5 escolas do 1º ciclo
  • 1 escola do 2º e 3º ciclo
  • 1 escola Secundária
  • Centros de Estudo e Explicações
  • OTL's
  • Centro Social Paroquial de Alfena (CSPA)
  • Infantários e ATL
  • Centro Social (CSPA)
  • Centros de 3ª Idade (CSPA)
  • Complexo Social Deficientes (CSPA)
  • Centro de Saúde (Unidade de Saúde Familiar)
  • Museu (CSPA)
  • Policlínicas
  • Centro de Enfermagem
  • 3 Farmácias
  • Rancho Folclórico Alfena
  • Escuteiros (C.N.E. - Agrupamento 0479 de Alfena)
  • Casa da Juventude Alfena
  • Grupo Columbófilo
  • Piscinas Municipais de Alfena
  • Centro Cultural de Alfena
  • Bibliotecas
  • Guarda Nacional Republicana de Alfena
  • Espaço Social
  • Bancos
  • Comércio
  • Serviços
  • Restaurantes
  • Bares e Cafés
  • Correios
  • Pavilhão Gimnodesportivo

 

Entidades desportivas

Atlético Clube Alfenense que tem como principais modalidades desportivas o futebol, atletismo, ténis, basquetebol, futebol de salão entre outras.

CSPA centrando-se no hóquei em patins, patinagem artística e caratê.

 

Património

  • Ponte de São Lázaro
  • Ponte dos Sete Arcos
  • Portal do Ribeiro
  • Portal das Telheiras
  • Capela de S. Lázaro datada de 1623
  • Parque de S. Lázaro
  • Igreja e Capela da Senhora do Amparo
  • Igreja da Senhora da Paz Datada de 1 de Maio de 1993
  • Igreja Matriz Benzida sob a protecção do Mártir S.Vicente, padroeiro de Alfena, no dia 23 de Agosto de 1964
  • Capela de S. Roque (ligada ao Caminho de Santiago)
  • Capela da Nossa Senhora da Conceição
  • Capela da Nossa Senhora da Piedade (Quinta das Telheiras)
  • Museu Etnográfico de Alfena (situado no Polo II do C.S.P.A.)
  • Centro Cultural de Alfena (antiga escola primária)

 

Festas e romarias

  • São Vicente (22 de Janeiro ou transitando para o Domingo seguinte)
  • São Lázaro (Domingo que precede o Domingo de Ramos) - é costume nesta festa oferecer-se às namoradas o doce tradicional (Regueifa de Cornos)
  • Senhora do Amparo (último domingo de Julho) - esta romaria é famosa pelos seus belos tapetes ao longo de todo o percurso da procissão (Igreja de S. Vicente [Matriz] à Igreja da Nossa Senhora do Amparo), feitos à base de flores, serrim pintado, sal, entre outros materiais, a N. Sra. do Amparo é também a padroeira dos estudantes universitários de Alfena.

Na procissão da festa, os universitários da Vila prestam-lhe homenagem, acompanhando a procissão trajados. Quando a procissão chega à Igreja da Sra. do Amparo, os estudantes estendem as capas para que a Sra. passe por cima.

publicado por alfenaparatodos às 15:31

24
Ago 09

 

 

Aqui podem relatar tudo aquilo que seria importante actuar de imediato,  segurança, obras públicas, limpeza, educação, saúde, zonas verdes, etc.

 

PARTICIPEM.

 


 

publicado por alfenaparatodos às 11:42

 

A História repete-se em agosto 2009 mas inacriditavelmente pior!

(resumidamente)

Foi aprovado pelo Nucleo local, Concelhia e Distrital o cabeça de lista do PSD/CDS-PP para a Assembleia de Freguesia de Alfena, o Eng. Dário Teixeira.

Mas mal começou a pré campanha com cartazes colocados na rua...e a lista completa com um programa elaborado cuidadosamente, surge a informação oral por parte do Presidente da Distrital do PSD Porto que o PSD Alfena não ia concorrer à Assembleia da Junta de Freguesia, sem apresentar nenhuma justificação.

E logo de seguida soubemos que o Dr. Arnaldo Soares ia sair de cabeça de lista dos Unidos por Alfena, para pertencer á lista do Dr. Fernando Melo à Camara de Valongo em 4º lugar... mas com uma condição o PSD não concorrer em Alfena!  

Quem acreditaria que isso fosse acontecer? Parecia uma trama demasiada elaborada, mas não é que surge a confirmação com um folheto dos unidos:

"...Acabei por aceitar o desafio, mas só depois de ter a certeza de que os Unidos por Alfena continuavam..." Dr. Arnaldo Soares

Agora ficou claro!

O PSD Porto passou por cima de todos, concelhia que foi ultrupassada totalmente,  e aceitou o que desconfiavamos entregar o PSD Alfena para fora, para os Unidos terem hipoteses de ganhar os votos do PSD e eventualmente do CDS-PP que foi indirectamente afastado tambem.

Até o PS vai concorrer mesmo com os socialistas locais na sua maioria em conjunto com outros independentes apoiarem a lista "Coragem de Mudar" uma lista composta por pessoas que merecem todo o meu respeito, por saberem estar em politica e na sociedade e liderada por Avelino Sousa.

Vamos ter em Alfena uma luta entre duas listas independentes e os outros do costume que não desistem mesmo podendo perder.

Nunca se viu nada assim!!! 

 

...e o PSD não concorre porque o PSD não quis ganhar  em Alfena!

Assim sem PSD e com traidores dentro do PSD não resta muita escolha, ou branco, nulo ou dar a voz ao POVO que quer MUDAR com coragem!

 

 ÚLTIMA HORA ..........10 set 2009

 

 A CAMPANHA ELEITORAL NO CONCELHO 

A revolução em Alfena

... e Tino de Rans não conseguiu arranjar assinaturas suficientes para a Assembleia Municipal

foto

Um inesperado volte-face na constituição da lista para a Câmara Municipal de Valongo da candidatura “A Vitória de Todos” (coligação PSD-CDS/PP), com a inclusão de Arnaldo Soares em lugar aparentemente elegível (o quarto) veio baralhar por completo o quadro de candidatos que tínhamos apresentado no número anterior de “A Voz de Ermesinde”, mas não fomos só nós, com base nas informações da própria candidatura, a ter que dar o dito por não dito. De facto, o próprio PSD, que já tinha nas ruas cartazes a promover a candidatura PSD/PP em Alfena, com a fotografia de Dário Teixeira em destaque, teve que vir, à pressa retirá-los, pois a consequência da passagem de Arnaldo Soares para a lista da Câmara foi a desistência da candidatura do PSD em Alfena,

A candidatura dos Unidos, cuja liderança a nível da freguesia foi agora entregue a Rogério Palhau, um dos estrategas da candidatura independente a Alfena.
Do ponto de vista eleitoral é difícil aquilatar as consequências destas alterações, mas estamos em crer que se pesarão de algum modo no eleitorado alheio ao PSD que apoiou os Unidos, pesarão muito pouco no eleitorado do próprio PSD, a força política organizacionalmente mais forte em Alfena, tanto mais que Arnaldo Soares tem feito questão de acompanhar muito de perto a campanha eleitoral dos Unidos.
Desta situação derivou igualmente que o Partido Socialista que ponderava não apresentar candidatura própria na freguesia, apoiando a dos Unidos por Alfena em confronto com a do PSD, tivesse que voltar atrás, para apresentar finalmente uma candidatura à Assembleia (ou Junta) de Freguesia liderada pela independente Anabela Magalhães.
E, de qualquer modo, é preciso não esquecer que, ainda recentemente, o Partido Socialista ganhou, em Alfena, as eleições para o Parlamento Europeu.
Outra alteração relativamente ao quadro que apresentámos no número anterior de “A Voz de Ermesinde” (31 de Julho), é a desistência da candidatura à Assembleia Municipal por parte dos apoiantes de Tino de Rans. De facto, algumas irregularidades detectadas aquando da verificação das assinaturas fizeram com que o seu número descesse abaixo do mínimo estabelecido, inviabilizando a candidatura, situação que o próprio Tino de Rans desvaloriza, considerando até positivo a concentração dos esforços numa única candidatura – a liderada por si à Câmara Municipal (esta como apresentou um número maior de assinaturas ficou a salvo do percalço que “matou” a lista para a Assembleia).
Finalmente, a última alteração ao quadro que apresentámos em Julho, no qual ainda não era conhecido o cabeça-de-lista do Bloco de Esquerda à Assembleia (ou Junta) de Freguesia de Sobrado, é precisamente a divulgação da liderança da lista a este órgão autárquico por parte do Bloco, e que cabe a Luísa Leite.
Ficou assim completado o quadro das lideranças das listas de candidatos a todos os órgãos autárquicos no concelho de Valongo.

AS LISTAS
PARA A CÂMARA


No próximo número de “A Voz de Ermesinde” daremos um maior destaque a este assunto – e à questão da campanha eleitoral para as Autárquicas, em geral, mas de qualquer modo, e sendo já conhecidas, apresentamos agora a constituição das listas para a Câmara Municipal, no que respeita aos nomes que as encabeçam nos cinco primeiros lugares, partindo do pressuposto que a eleição de cinco elementos será praticamente impossível para qualquer uma das lista em confronto.
Sendo assim:
BE: Eliseu Pinto Lopes, Eduardo Valdrez, Fátima Madureira, Fernando Barbosa, Diana Moreira.
CDU: José Deolindo Caetano, José Viegas, Cláudia Ferreira, Faustino Barroso, Adelino Soares.
Coragem de Mudar. Maria José Azevedo, Pedro Panzina, João Ruas, Maria Helena Vieira, Teresa Marques.
PS: Afonso Lobão, José Luís Catarino, Luísa Oliveira, José Miranda, Neuza Benido.
PSD-PP/CDS: Fernando Melo, João Paulo Baltazar, Maria Trindade Vale, Arnaldo Soares, Arménio Silva.
Tino - Temos Terra, Somos Semente: Tino de Rans, Sofia Silva, Damiana Falcão, Manuel Carvalho, Marta Villares.
Relativamente a outras novidades, uma das mais interessantes é o aparecimento de Américo Silva, actual tesoureiro da Junta de Freguesia de Ermesinde, no terceiro lugar da lista socialista para a Assembleia (Junta) de Freguesia de Ermesinde, sucedendo a Tavares Queijo e Esmeralda Carvalho e antecedendo Raul Santos.
O afastamento de Américo Silva do PSD, do qual se desfiliou tem que ver, entre outras razões, com uma bem conhecida e pública, as suas divergências, de pensamento e de carácter, com Luís Ramalho, seu ex-correligionário – no actual mandato, quase a chegar ao fim, enquanto um é tesoureiro, o outro é secretário da Junta – e que foi o escolhido do PSD para liderar a candidatura à Junta de Ermesinde.
Assim, curiosamente, a maioria dos membros eleitos pelo PSD para a actual Junta de Freguesia apoiam agora a candidatura do PS, liderada por Tavares Queijo (é o caso de Artur Pais, o actual presidente da Junta).

 10 SETEMBRO de 2009 Jornal a Voz de Ermesinde

 


 OUTRAS OPINIÕES  Jornal A voz de Ermesinde  +  detalhadas


 

Autor: António
Data:20-08-2009 00:10
Assunto:Unidos
Mensagem:
Estou incrédulo com o que dizem que se está a passar em Alfena...Não acredito no que ouço. Tenho por toda a gente dos Unidos estima e muita consideração. Aquilo é gente de fina água e incapaz de desdizerem amanhã aquilo que são as suas posições hoje.O seu lider, o Dr. Arnaldo é dos poucos políticos que eu conheço que é frontal e diz o que pensa independentemente do que lhe possa acontecer. Quem não se lembra da maneira frontal e clara como disse aos Alfeneses, na última Assembleia de Freguesia, o que o Dr. Fernando Melo fez, ou melhor, não fez por Alfena nestes últimos 4 anos? Não acredito no que andam para aí a dizerem dos Unidos e muito menos do Dr. Arnaldo.Não é possível dizerem que o Dr. Arnaldo se passou para o lado do Dr. Melo.O Dr. Arnaldo merece que o respeitem.Não é possível ser-se tão baixo e dizer-se o que se diz do Dr. Arnaldo.O que foram inventar...O Dr. Arnaldo passar-se para o lado do Dr. Melo e dos outros de quem sempre o Dr. Arnaldo diz, e com verdade, não merecerem a sua consideração e muito menos o seu respeito. Coitado do Dr. Arnaldo, como tenho pena dele e do que está a sofrer. Há linguas que nem com fogo se limpam.

 

Autor: Nuno silva
Data:22-08-2009 12:08
Assunto:Re: Unidos
Mensagem:
Caro António, Por sinal eu também tenho, ou melhor, tinha estima pelos unidos, em particular pelo Dr. Arnaldo. No entanto aquilo que tem lido por aqui é a mais pura das verdades. De facto o Dr. Arnaldo integra as listas para a câmara ao lado do Dr. Fernando Melo em 4º lugar, depois de ter tentado ir nas lista do PS em 2º, dado que esta era a posição que ele já havia pedido ao Dr. Melo. A verdade é que para aceitar o 4º negociou e exigiu que o PSD não concorrese em Alfena. Se é um Alfenense atento, terá concerteza visto cartazes do candidato do PSD afixados, que posteriormente foram retirados, pelo facto que acima lhe descrevi. O Dr. Arnaldo tem sede de poder, quis a Câmara, mas não podia defraudar aqueles que o ajudaram a chegar até aqui. Assim e para que o agora candidato à Junta de Freguesia de Alfena, Dr. Rogério Palhau, não tivesse uma derrota ainda mais esmagadora do que a que vai ter, exigiu que o PSD não concorrese em Alfena. Mas o tempo dar-me-á razão, e os Alfenenses vão se aperceber não são gente de fina água mas sim de água ardente... Cumprimentos. NS

 


Autor: Judas
Data:23-08-2009 11:19
Assunto:Verdades e Mitos em Alfena
Mensagem:
Muito tenho lido neste forum e muito tenho ouvido falar nas ruas de Alfena e do Concelho de Valongo sobre o que se passa em Alfena.
De facto, compreendo as reacções daqueles (e são muitos) que se indignam com o que se vai escrevendo e falando sobre pessoas que foram até à bem pouco tempo autenticos arautos de novas politicas e novas formas de estar na politica.
Os Alfenenses acreditaram, e mais do que isso, apoiaram entusiasticamente com o seu voto uma causa personalizada nos "independentes" que nos governaram até agora.
Quem não se lembra da mensagem que nos foi transmitida? Quem não se lembra dos valores que lhe estavam subjacentes? Quem não se lembra das inumeras pessoas que faziam parte desse fabuloso projecto?
É pois, muito natural que uma boa parte dessas pessoas tenha grandes dificuldades em ver aquilo que muitos já começaram a ver... E não consiga aceitar a verdade. A negação é nestes casos o primeiro dos sentimentos. Os mitos não são fáceis de desfazer.
Mas os factos falam por si!
A partir de determinada altura, o vasto grupo de pessoas que apoiavam aquele projecto foi diminuindo, houve pessoas que foram sendo afastadas, empurradas para fora e outras até saneadas.
Serviram-se das pessoas e depois quando já não interessavam deitaram-nas fora.
Não sei se sabem, mas o grupo dos chamados independentes está neste momento confinado a 4 elementos, 3 politicos e 1 outsider.
Nos ultimos 8 meses, esses 4 elementos andaram em negociações profundas com 2 partidos. Ao arrepio de tudo que eram os principios deste projecto, com exigências que não fazem sentido entre "amigos" das mesmas causas.
De repente e logo após a vitoria de Janeiro em que muitos ajudaram, foram descartando pessoas, e à mesa do café, um dos elementos que compõe o "comité central" dos independentes afirmava alto e bom som: "Os Unidos valem 5.000 votos em Alfena e nenhum partido ganha as eleições sem nós!" 
Estava dado o mote. 
A partir daí nada mais foi igual. Num comportamento sem precedentes exigiram de imediato que o Dr Arnaldo fosse candidato à presidencia da Camara ou no minimo ir em numero 2 da lista do PSD. Nunca se havia falado disso antes e muito menos naqueles termos. Este projecto não tinha tido até aqui condições baseadas em lugares e não seria a partir daqui que as coisas haveriam de funcionar assim. 
Quebraram promessas feitas a homens bons da nossa terra (pois haviam prometido mais do que uma vez que nestas eleições concorreriam pelo PSD à junta de Alfena).
Como não lhes foi dado o que queriam, e valiam 5.000 votos, começaram as negociações com o Partido Socialista. Nessas negociações os indepependentes foram sempre representados pelos mesmos 4 aqui já referidos, e arrastaram-se por várias semanas. Com este comportamento o PS quase que não esteve em condições de apresentar candidatura em Alfena. 
No PSD por seu lado, e fruto das influencias que os mesmos 4 moviam, tentaram até ao limite que não fosse apresentada candidatura à Junta de Freguesia. Porém, num golpe de mágica o grupo dos 4 chega a acordo com a Distrital do PSD Porto, ou seja, com a mesma pessoa responsável pela situação que foi criada em 2005 e os levou a concorrer fora do PSD.
A mesma pessoa que juraram combater com todas as suas forças.
Não adianta tentar continuar a tapar o sol com a peneira. A verdade está a vir ao de cima. Estes são apenas alguns (muito poucos) dos factos que importa dar a conhecer. Muitos outros serão dados a conhecer em breve, porque a verdade terá de vir ao de cima e as pessoas tem o direito de saber.
Em Alfena, o objectivo foi claro! Torpedear a candidatura do PSD e a do PS para que o "sucessor" do Dr. Arnaldo possa ganhar as eleições por "falta de comparência". Ninguém no PSD se identifica com esse candidato nem com a sua postura. Não é pelo facto de o PSD não concorrer e ter decidido superiormente que apoiava aquele movimento que os seus militantes e votantes devem ou vão faze-lo também.
Acima de tudo é fundamental perceber que os objectivos dessas pessoas é servirem-se da Junta para a seguir quererem atingir a camara municipal.
Está na hora de se perceber e aceitar a triste realidade a que chegámos, Todos somos vitimas deste embuste, mas todos temos o dever de o combater.
A nossa tarefa consiste em divulgar estes factos pela população e explicar a todos, aquilo que nos fizeram. Não nos devemos nem podemos resignar. Os mesmos votos que de forma fantástica e sem precedentes os elegeram em 2005, devem agora afasta-los. CHEGA DISTO! É TEMPO DE ARRUMAR A CASA E TRAZER DE NOVO A ESPERANÇA A ALFENA!
Não desista...

publicado por alfenaparatodos às 02:41
música: http://componentes.no.sapo.pt/mp3/music1.mp3

Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30
31


subscrever feeds
Clique nos ANUNCIOS
arquivos
pesquisar
 
links
mais sobre mim
contador
online
comentários recentes
Pois já se passaram 5 anos e o que melhorou? Tudo ...
   Este Sr. está cheio de razão ,porque ...
BoasJá agora... o Alfeneiro aguenta-se para sebe? ...
Saudações a todos os Alfenenses, Gostaria que me ...
Boa noite, segundo me informaram na proxima semana...
Ora cá está um "regresso" que merece ser saudado.....
Pedido de ajuda ao povo de AlfenaAcontece desta fo...
Em tempo útil, dei informações à Junta de Freguesi...
bom congresso.... nem que seja um so dia... realme...
Em primeiro lugar, gostaria de felicitar o autor d...
blogs SAPO